Enquanto Bolsonaro insiste com suas provocações e abandona os brasileiros à própria sorte, os governadores realizam nesta segunda-feira em Brasília o IXº Fórum Nacional para debater a situação atual e definir medidas de combate às crises sanitária, social, econômica e ambiental.  Caiado confirmou presença.

O evento  de forma presencial (na sede do Palácio Buriti, em Brasília) e por videoconferência. Ao final da agenda, os governadores concederão entrevista no Salão Branco do Palácio Buriti.

Segundo os governadores, o fórum pretende levar ao centro das discussões temas importantes para a nação como a necessidade de integração entre Poder central, estados e municípios para enfrentamento à pandemia em meio a transmissão da variante Delta no País, Pacto Federativo, Reforma Tributária, e ainda sobre o compromisso do Brasil/Estados para sustentabilidade ambiental.

Além dos temas relacionados diretamente ao pacto federativo, os governadores também debaterão a situação institucional do país, atualmente ameaçada pelo ataque do presidente à independência dos Poderes. Na sexta-feira, o presidente Bolsonaro encaminhou ao Senado Federal um pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes.

“Vamos tratar também da conjuntura, pois independente da disputa partidária pelo Fórum dos Governadores defendemos o fortalecimento da nossa democracia, respeito à Constituição e as leis e ainda a defesa da vida acima de todas as prioridades, do desenvolvimento sustentável e respeito às instituições’, afirma o governador do Piauí, Wellington Dias.

De acordo com Wellington, “trabalhar integrados com o Poder Central e setor privado, nacional e internacional, é essencial para vencer etapa de vacinação para cada um dos brasileiros e brasileiras, mas também para criar um ambiente distensionado, de confiança e estabilidade, para permitir atração de mais investimentos e ampliar oportunidades de mais empregos e cuidando do Social”.

VEJA AQUI A PROGRAMAÇÃO DO FÓRUM

Até este domingo, 22, os seguintes governadores já confirmaram participação:

Presencial
1) Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.
2) Governador do Piauí, Wellington Dias.
3) Governador de Rondônia, Cel. Marcos Rocha.

Vídeo conferência

1) Governante do Acre, Gladson Cameli.
2) Governador de Alagoas, Renan Filho.
3) Governador do Amapá, Waldez Goés.
4) Governador do Amazonas, Wilson Lima.
5) Governador da Bahia, Rui Costa.
6) Governador do Ceará, Camilo Santana.
7) Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande.
8) Governador do Goiás, Ronaldo Caiado.
9) Governador do Maranhão, Flávio Dino.
10) Governador do Mato Grosso, Mauro Mendes.
11) Governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja.
12) Governador de Minas Gerais, Romeu Zema.
13) Governador do Pará, Helder Barbalho.
14) Governador da Paraíba, João Azevedo.
15) Governador de Pernambuco, Paulo Câmara.
16) Vice-Governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto.
17) Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.
18) Governador de Roraima, Antonio Denarium.
19) Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés.
20) Governador de São Paulo, João Doria.
21) Governador de Sergipe, Belivaldo Chagas.

Convidados
1) Presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.
2) Presidente do Comsefaz, Rafael Fonteles.
3) Secretário de economia do Distrito Federal, André Clemente.
4) Secretário do Meio Ambiente, Sarney Filho.
5) Secretário de Comunicação, Weligton Moraes.

Da Redação, com Assessoria do Fórum dos Governadores.