A Câmara de Goiânia realizou nesta sexta-feira (15) sessão de posse de Rogério Cruz (Republicanos) no cargo de prefeito da capital. A cerimônia foi realizada às 9 horas no plenário do Poder Legislativo, comandada pelo presidente da Casa, vereador Romário Policarpo (Patriota).

Rogério Cruz assume o comando da Prefeitura de Goiânia em razão do falecimento do prefeito Maguito Vilela (MDB) na quarta-feira (13), em decorrência de complicações decorrentes da infecção da covid-19. O emedebista estava licenciado do cargo e o republicano ocupava interinamente a função.

Cumprindo o estabelecido pela legislação, o presidente da Câmara de Goiânia, Romário Policarpo, assinou na quinta-feira (14), a Declaração de Extinção de Cargo e convocou o vice-prefeito a tomar posse no comando da administração. A declaração foi publicada na edição da quinta-feira do Diário Oficial do Município.

 O presidente da Casa, Romário Policarpo (PROS), leu o documento que extinguiu o cargo de Maguito.

“Em decorrência do falecimento do senhor Luiz Alberto Maguito Vilela, ocorrido na madrugada do dia 13 de janeiro de 2021, nas dependências do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, capital, declaro extinto seu mandato no cargo de prefeito de Goiânia e convoco o senhor Rogério de Oliveira da Cruz, vice-prefeito eleito no pleito de 2020, para sucessão e posse como titular da administração”, disse.

Após presta juramento, Rogério Cruz assinou o livro de posse e foi aplaudido pelos vereadores. Ainda em seu discurso, o prefeito exaltou as qualidades de Maguito e prestou solidariedade à família dele. Falou ainda sobre seu projeto, agora a frente da administração da capital.

“Eu já afirmei por várias vezes que seria um fiel soldado do prefeito Maguito e assim continuarei. Ao executar o plano de governo que construímos juntos, quero fazer por Goiânia tudo aquilo que Maguito sonhou e projetou”, disse, emocionado Rogério Cruz, ao assinar o seu documento de posse como prefeito.

Com informações da TV Câmara e G1-Goiás