Em Senador Canedo e Trindade, mulheres ocupam postos de alto escalão nos governos municipais, Aparecida de Goiânia rompe com machismo posicionando vereadoras na Mesa Diretora, em Goiânia Meio Ambiente é designado a ex-secretaria de Finanças Zilma Percurssor

O ano de 2021 começa com mudanças em dois dos maiores municípios da Região Metropolitana de Goiânia; em Senador Canedo o prefeito Fernando Pellozo destinou metade do secretariado às mulheres e não foram cargos decorativos: Simone Assis, assumiu a Secretaria de Assistência Social; Fabiana Lopes a Secretaria Saúde; Patrícia Rodrigues, a Secretaria de Infraestrutura; Mara Alves a SEMTRAR;  Marta Damazio, o Comando da Guarda Civil Municipal; Juliane Gonzaga, a Controladoria; Eliete Gonçalves o IAMESC; Ana Maria Emos o SenaPrev;  Vanilda Cardoso a Secretaria pra Assuntos Comunitários e Adriana Patrícia a Secretaria Extraordinária.

Marta Damázio assumiu o comando da Guarda Municipal em Senador Canedo, Gercilene Ferreira, a Casa Civil em Trindade; Zilma Percurssor, a AMMA em Goiânia e Camila Rosa, lugar na Mesa Diretora em Aparecida de Goiânia

Em Trindade o prefeito Marden Júnior (Patriota) também inovou, ele nomeou para a Casa Civil, Gestão e Planejamento, Gercilene Ferreira Branca, que  havia contribuído na Secretaria de Saúde nas gestões de Jânio Darrot (PSDB). Para secretaria de Planejamento, foi empossada Tayná Barbosa Galindo, que era chefe de gabinete na mesma secretaria, na gestão de Roberto Ibrahim Brihir Badur, que foi nomeado para a Secretaria do Meio Ambiente. Gabriela Alves de Assis Aguiar foi designada para a Secretaria de Assistência Social e Luana Cristina Vieira Martins, bacharel em Educação Física, assumiu a Secretaria Municipal de Esporte e Juventude.  Gerusia de Paiva Ferreira foi designada para a presidência da Agência Municipal de Trabalho e Gestão de Emprego e Maria Alves de Mendonça, para o TrindadePrev.

Na Capital, apenas duas mulheres compõe o secretariado: Zilma Percurssor, que ocupou a Secretaria de Finanças no governo Iris Rezende (MDB) e na gestão de Maguito Vilela e Rogério Cruz assumiu a AMMA (Agência Municipal de Meio Ambiente) e a ex-vereadora Tatiane Lemos, que responde pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres.

Em Aparecida de Goiânia, onde prevalecia o “Clube do Bolinha” na Câmara Municipal, o machismo foi quebrado com a eleição de duas vereadoras, a ex-secretária de Educação Valéria Petersen (MDB) e a empresária Camila Rosa (PSD). Elas compõe a nova Mesa Diretora como primeira-secretaria e segunda secretária, respectivamente, dividindo o poder no Legislativo Municipal com o presidente André Fortaleza (MDB), o vice, Fábio Ideal (PP) e o segundo vice, Roberto Chaveiro (Pode).