O prefeito Iris Rezende e a secretária de Saúde, Fátima Mrué, entregaram oficialmente as obras de reforma e ampliação do antigo Cais Chácara do Governador nesta quinta-feira (31/12), às 10 horas. A unidade, que passou por várias adequações para ser transformada em UPA, vai receber o nome de Dr. Paulo de Siqueira Garcia, em homenagem ao ex-prefeito de Goiânia, falecido em julho de 2018.

A UPA foi reaberta em setembro e realiza diariamente uma média de 200 atendimentos, somando 1.200 atendimentos semanais. A unidade conta com atendimento ambulatorial nas especialidades médicas de ginecologia, urologia, dermatologia, pediatria e alergia, além dos serviços de psicologia, fonoaudiologia e odontologia. Já na urgência, além de clínico geral, a Upa também possui um pediatra 24 horas por dia e sala de observação pediátrica.

UPA da Chácara do Governador homenageia o saudoso prefeito Paulo Garcia

Paulo Garcia teve gestão planejada e exitosa

Paulo Siqueira Garcia nasceu no dia 13 de maio de 1959. Foi casado com a médica Tereza Beiler, com quem teve dois filhos. Goiano, o ex-prefeito era médico neurocirurgião, formado pela Universidade Federal de Goiás. Foi eleito vice-prefeito de Goiânia no dia 5 de outubro de 2008, na mesma chapa que reelegeu Iris Rezende. Em 2010 assumiu o cargo de prefeito de Goiânia, após renúncia de Íris. Em 2012 foi reeleito no primeiro turno com 58% dos votos ao cargo de prefeito, ocupado até 2016. Entre as suas realizações estão o início das obras do BRT-Norte Sul,e os eixos exclusivos para ônibus nas avenidas 85, T-63 e T-9.

Na sua gestão Paulo Garcia construiu 29 CMEI´s,  e passou de 19 mil para 32 mil vagas na educação infantil.  Foram entregues 40 quadras poliesportivas e 9 novas escolas. Paulo também garantiu o pagamento de quinquênios, progressões e o pagamento do Piso Nacional da Educação.

Paulo Garcia  deixou para a cidade o Parque Água Branca (Setor Água Branca), Parque Nova Esperança (Jardim Nova Esperança), e três trechos do Parque Macambira Anicuns com a implantação, no Setor Faiçalville, da Alameda Hélio França, a via que delimita um dos extremos do projeto, cuja outra ponta é a Avenida Goiás Norte, compreendendo, na totalidade, 24 quilômetros de obras, fora duas áreas anexas, que são os parques ambientais, entre eles o Parque Ambiental Macambira (PAM), com 25,5 hectares.

A administração de Paulo Garcia inaugurou as avenidas Madri e Olavo Bilac, no Faiçalville, continuando a linearidade do parque, que é a característica principal deste projeto. O trecho beneficiou a população com mais de um quilômetro de pistas de caminhada e ciclismo, além do trabalho de drenagem e paisagismo e de espaços de convivência instalados ao longo de todo o percurso do Macambira Anicuns. Paulo Garcia também fez a revitalização do Parque Bernardo Élis, no Setor Novo Horizonte. A unidade foi incorporada ao PAM, depois de ter recebido quadras de esporte, 437 metros de pista de ciclismo, 428 metros de pista de caminhada e ampliação da sede da Guarda Municipal.

Nos seus seis anos de mandato, Paulo Garcia investiu forte no planejamento. Todas as obras em execução na administração atual  foram planejadas nos governos de Paulo
Garcia, entre elas: BRT-Norte/Sul e recapeamento das ruas e avenidas de Goiânia. Paulo Garcia iniciou o BRT com contrato com a Caixa Econômica Federal, e a pavimentação com empréstimo com o Banco Andino. Também é do planejamento da gestão de Paulo Garcia a extensão da Marginal Botafogo, em direção ao Setor Pedro Ludovico e Vila Redenção, a construção do viaduto sobre a Marginal Botafogo na Avenida Jamel Cecílio, a ponte dupla na avenida Segunda Radial. Paulo Garcia planejou com o equilíbrio das contas municipais através da negociação para o pagamento da Previdência dos Servidores Municipais com a proposta de doação de áreas municipais para para o IMAS (Instituto Municipal de Assistência Social). Esta negociação foi concluída na gestão de Iris Rezende, permitindo que a prefeitura tivesse equilíbrio nas contas e o acesso aos créditos da Caixa e do Banco Andino.