Segunda incursão de ar frio traz condições favoráveis à queda de neve em algumas regiões do Sul do país.

Redação – Brasil de Fato – São Paulo (SP) -Uma intensa massa de ar frio que chegou ao Brasil nesta semana causará quedas bruscas de temperaturas, chuvas, granizo e até mesmo neve em algumas regiões nos próximos dias. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a derrubada da temperatura será sentida do Sul ao Norte do país.

Baixas temperaturas reforçam chances de neve no sul do país nos próximos dias – Foto: Ricardo Wolfenbuttel/Secom/Governo SC

As fortes chuvas são carregadas pela massa polar que resulta do encontro de massas com características de temperatura diferentes – uma mais fria com uma mais quente. Essa é a terceira vez que o fenômeno ocorre no Brasil este ano, mas a primeira com abrangência tão ampla, de acordo com o Inmet.

O fenômeno meteorológico avançou sobre a Argentina no início da semana, atingindo Uruguai e chegando ao Rio Grande do Sul. Na quarta-feira (19), por exemplo, o Instituto alertou para queda de temperatura de 3ºC a 5ºC em algumas regiões gaúchas.

O prognóstico é que Porto Alegre registre temperatura mínima de 6º C na quinta-feira (20) e 3º C na sexta (21).

:: Saiba o que é o ciclone bomba que atingiu o Sul e quais serão os impactos no Sudeste ::

Segundo a previsão, o fenômeno avança em direção à região Norte até o fim da semana. Além dos demais estados da região Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minhas Gerais, sul de Goiás, Mato Grosso, centro-sul do Amazonas, Rondônia e Acre serão impactados pelo declínio acentuado da temperatura.

No Nordeste, deve haver queda de temperatura na Bahia,  mas de forma mais amena em comparação com o Sul e Sudeste do país. Isso porque, conforme avança, a massa polar sofre alterações e enfraquece.

Neve no Brasil?

Uma intensa chuva de granizo acompanhada de fortes ventos na última terça-feira (18)  nos municípios Andradas, Santa Rita de Caldas, Ibitiúra de Minas e Ipuiuna, sul de Minas, fez com que as cidades parecessem estar cobertas por neve.

Mas, a possibilidade de nevar no Brasil é real na região Sul do país. Informações do Instituto Nacional de Meteorologia apontam que uma segunda incursão de ar frio remanescente da massa polar deve reforçar a queda de temperatura sobre a região, trazendo condição favorável à queda de neve ou chuva congelada.

O fenômeno pode ocorrer entre quinta (20) e sexta (21), nas regiões serranas do Rio Grande do Sul, no oeste, meio-oeste, sul e Planalto Norte de Santa Catarina. Áreas do sul e sudoeste do Paraná também podem ser atingidas.

Na tarde de quinta (20), algumas regiões da cidade de Florianópolis (SC) registaram granizo.

Solidariedade

Em São Paulo, a máxima não deve passar dos 13º C tanto na sexta quanto no sábado, enquanto as mínimas ficam em 9ºC e 8º C. Ainda de acordo com o Inmet, os dois dias devem registrar chuvas.

A população em situação de rua do estado, que ultrapassa 20 mil pessoas, é diretamente atingida durante invernos rigorosos e fenômenos como este, em que as temperaturas despencam rapidamente.

Para combater a massa polar, o Padre Júlio Lancelotti, da Pastoral do Povo de Rua, está organizando uma campanha emergencial para arrecadação de cobertores e agasalhos que serão distribuídos.

As doações podem ser entregues na rua Taquari, nº1100, no bairo da Mooca, onde está localizada a Paróquia São Miguel Arcanjo.

Edição: Leandro Melito